Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2008

Outono

Simão

Naquele dia chuvoso de primavera
Sentimos o cheiro do mar...
O embalo das passadas na areia...
O amor de quem nos levava.
Dois dias depois
Tu viste o mundo...
Tartaruga tonta,
Não esperaste por mim...
Ou talvez sim,
Pois estavas cá fora,
De braços abertos para mim.
Ensinas-me a brincar e a fazer disparates,
Ensinas-me a ser tartaruga como tu...
Tu e eu,
Amigos desde sempre,
E para sempre...

Tua
Princesa Cintilante II

Despedida

Um silêncio que se ouve e se sente
O eco dos risos de um homem feliz ficou
E no rosto de alguém que o amou
Ficaram rugas punidas de dores
Do tamanho do mundo

A primavera chegou florida
O sol desceu, mas os dias claros
Perderam a cor e o brilho
Nos olhos de alguém, que está triste
E recorda a alegria de um passado
Cheio de projectos que se esvairam em dor

Não te entristeças com a despedida
O adeus é necessário, antes de nos encontrarmos de novo
E um reencontro após uns momentos
Ou após uma vida inteira
É sempre certo
Para os que são amigos.

Autor desconhecido

Ana

Esse teu olhar felino atravessou-me a alma, Rasgou-me o coração. Quanto mais te conheço Mais curioso e intrigado fico. Tu és a pessoa que me consegue compreender, Arrasaste-me o coração, Enfim fiquei perplexo. Tens um toque especial, não há palavras para o descrever. Aos meus olhos tornas-te irresistível! Representas o pecado.
Maçã de Eva. Uma trinca até pode ser fatal, Mas estou disposto a correr o risco de não dar uma trinca, Mas sim várias. Tu funcionas como a droga. Eu experimentei, Gostei, E fiquei viciado. Agora o meu corpo e a minha alma exigem grandes doses. Tu mudaste a minha maneira de ser e de estar, És um autêntico precipício, A paisagem é maravilhosa, Mas escorreguei do precipício e estou em queda livre. E só tu me podes abrir o pára-quedas, Pois se não o fizeres, Desta queda Jamais me levantarei.
Para todos aqueles que pensavam que o meu mais que tudo apenas era habilidoso com as mãos...

Sonho

És o meu sonho mais bonito. Conhecer-te, Beijar-te, Desejar-te, Amar-te A noite tornar-se em dia A chuva parar O mundo girar Uma criança a nascer E eu com medo de te perder Amo-te meu sonho lindo.

Amiga

Revelas-te... Um dom... Teu coração adoça o mundo, Em ti posso acreditar
Mulher, mãe, amiga... Infância não partilhada, Maternidade em pleno vivida.
Contigo pinto o mundo De todas as cores E todos os feitios. Amarelos, azuis, verdes... Joaninhas, flores...
Trocamos sabores, Dormimos sonecas, Sofremos de amores, Cantamos em festas.
És amiga... E tudo o que dizes É verdade sincera, De alguem que muito ama E que de nós nada espera.
Para uma amiga especial que faz hoje 30 primaveras...

Dia da Mãe

Naquele fim de tarde dolorida,
foi minha mãe à fonte e viu estrelas
projectadas na água adormecida.
Levantava-se a Lua atrás das serras
e estendia brancuras sobre as ruínas
e ao longo das estradas,
como que desfolhando no ar um ramo
de magnólias divinas e acuçenas magoadas.
E a minha mãe ia a levar a boca à fonte pura para deixar nela a sede que a pungia.
Por três vezes se ouviu : Ave Maria!
A fonte estremunhou num sobressalto,
Em redor e por cima a Noite,
nua de nuvens, virginal e calma.
O silêncio rezava no céu alto.
Abriam sonhos de oiro em cada alma.
Voltou a casa minha mãe. E enquanto ela regava, ao fundo da varanda,
um craveiro florido e rescendente, perguntei-lhe, entre triste e surpreendido, piedosamente:
- Donde vens, que não vens como costumas?
As lágrimas, que trazes nos teus olhos,
não são iguais a lágrimas nenhumas...
Iluminam a casa e dão à gente a sensação de estrelas despegadas das mãos de Deus abertas de repente às nossas mãos cansadas.
Respondeu a mãe:
- É que, meu filho, fui á fonte além,
e qu…

O "Pinto" e a "Quinta"

Era uma vez umque vivia muito triste, pois não conhecia outros animais. Até que um dia, passou em frente a uma grande. Entrou e viu muitos animais. Viu as , os, e os. Viu também ume um. Passou por uma que estava a regar a horta. Espreitou pela janela e viu outra a fazer uma torta. O não queria acreditar. Aquele lugar parecia um sonho. Porém quando viu a com os seus filhotes ficou ainda mais feliz, pois tinha encontrado animais iguais a si. A partir desse dia, ocomeçou a viver na, e por ter feito tantos amigos, viveu feliz para sempre.

Uma histórinha para a minha princesa...

O adeus de um génio...

Se por um instante Deus se esquecesse de que sou uma marioneta de trapo e me oferecesse mais um pouco de vida, não diria tudo o que penso, mas pensaria tudo o que digo. Daria valor às coisas, não pelo que valem, mas pelo que significam. Dormiria pouco, sonharia mais, entendo que por cada minuto que fechamos os olhos, perdemos sessenta segundos de luz. Andaria quando os outros param, acordaria quando os outros dormem. Ouviria quando os outros falam, e como desfrutaria de um bom gelado de chocolate! Se Deus me oferecesse um pouco de vida, vestir-me-ia de forma simples, deixando a descoberto, não apenas o meu corpo, mas também a minha alma. Meu Deus, se eu tivesse um coração, escreveria o meu ódio sobre o gelo e esperava que nascesse o sol. Pintaria com um sonho de Van Gogh sobre as estrelas de um poema de Benedetti, e uma canção de Serrat seria a serenata que ofereceria à lua. Regaria as rosas com as minhas lágrimas para sentir a dor dos seus espinhos e o beijo encarnado das suas pétala…

O Homem e A Mulher

O homem é a mais elevada das criaturas;
A mulher é o mais sublime dos ideais.
O homem é o cérebro;
A mulher é o coração.
O cérebro fabrica a luz;
O coração, o AMOR.
A luz fecunda, o amor ressuscita.
O homem é forte pela razão;
A mulher é invencível pelas lágrimas.
A razão convence, as lágrimas comovem.
O homem é capaz de todos os heroísmos;
A mulher, de todos os martírios.
O heroísmo enobrece, o martírio sublima.
O homem é um código;
A mulher é um evangelho.
O código corrige; o evangelho aperfeiçoa.
O homem é um templo; a mulher é o sacrário.
Ante o templo nos descobrimos;
Ante o sacrário nos ajoelhamos.
O homem pensa; a mulher sonha.
Pensar é ter , no crânio, uma larva;
Sonhar é ter , na fronte, uma auréola.
O homem é um oceano; a mulher é um lago.
O oceano tem a pérola que adorna;
O lago, a poesia que deslumbra.
O homem é a águia que voa;
A mulher é o rouxinol que canta.
Voar é dominar o espaço;
Cantar é conquistar a alma.
Enfim, o homem está colocado onde termina a terra;
A mulher, onde começa o céu.

Victor Hugo

Somente com você

Quando eu chegar sem nada dizer e permanecer em silêncio,
por favor, entenda que só quero estar perto de você.

Se notar que estou a ponto de chorar, não me diga " não chore ".
Deixe que as lágrimas venham e perceba
que eu só não escondo meu pranto de você.

Se eu lhe disser que estou muito triste,
por favor, não diga " não fique assim ".
Deixe que a tristeza se esgote em mim e entenda
que para você não preciso fingir.

Quando eu chegar com muita raiva de alguém,
não tente me convencer que estou errando.
Por favor, deixe que eu descubra até que ponto
estou exagerando e apoie-me enquanto eu precisar.
A raiva tem seu próprio tempo para diluir-se.

Se eu começar a relatar as minhas mágoas,
por favor, ouça-me, e entenda que eu não as revelo
para ninguém, a não ser para você.

Quando eu lhe exponho minhas decepções,
frustrações, fracassos e tantos sentimentos dolorosos,
em outras palavras estou lhe dizendo que preciso
do seu colo, apenas do seu colo.
Por favor, recolha-me e silencíe,
com seu cora…

Desejos Vãos

Eu queria ser o Mar de altivo porte
Que ri e canta, a vastidão imensa!
Eu queria ser a Pedra que não pensa,
A pedra do caminho, rude e forte!
Eu queria ser o sol, a luz intensa
O bem do que é humilde e não tem sorte!
Eu queria ser a árvore tosca e densa
Que ri do mundo vão é até da morte!

Mas o mar também chora de tristeza...
As árvores também, como quem reza,
Abrem, aos céus, os braços, como um crente!

E o sol altivo e forte, ao fim de um dia,
Tem lágrimas de sangue na agonia!
E as pedras... essas... pisa-as toda a gente!...

Florbela Espanca

Leonor

Meu pequeno tesouro. És mais do que aquilo que eu sonhei. Que segredos escondes tu? És um mistério para mim. Revela-te... Aconchego-te em mim, tranquilizo-te enfim, mas não sei o que vês em mim. Foi mágico o momento em que te vi. E para ti também foi assim? Tanto tempo encondida, mas nunca esquecida. E agora, num repente, és fogo, és ar, és água, és... és tudo para mim. Tão frágil e tão forte, surpreendes quem te ama. Iluminas a minha vida...

Para ti minha pequena Leonor, que fazes hoje meio ano de vida!